6 dicas de gestão hospitalar para uma administração de sucesso!

  • Home
  • Blog
  • Gestão
  • 6 dicas de gestão hospitalar para uma administração de sucesso!
Publicada 22/10/2018

Para que o bem-estar dos pacientes seja mantido, é preciso garantir uma boa gestão hospitalar. Fazer isso não é uma tarefa fácil, devido à complexidade dos procedimentos realizados, seja por meio da equipe médica, seja por parte da área administrativa. Por isso, para gerenciar tudo isso de maneira eficiente, é preciso colocar em prática as melhores dicas de gestão hospitalar.

Pensando nisso, selecionamos 6 delas a seguir, para que você tenha sucesso em todos os processos que envolvem essa área. Boa leitura!

1. Invista em tecnologia
Sabemos a importância que a tecnologia tem em vários setores da sociedade, otimizando operações que, antes, eram executadas por humanos. Algumas dessas ações demandam tempo quando são efetuadas pelos colaboradores da empresa, o que atrapalha a produtividade e o bom desempenho das tarefas.

Na área da saúde, a tecnologia também ajuda a melhorar a execução de várias atividades. Então, invista em softwares que sejam relevantes e úteis para o ambiente de trabalho, sempre pensando na qualidade do atendimento prestado.

Outra dica é optar por serviços que utilizem a nuvem como principal forma de armazenamento. Dessa forma, o acesso se torna mais fácil e as informações importantes são compartilhadas entre a equipe com eficiência. No atendimento, por exemplo, considere o uso de agendas eletrônicas e a funcionalidade de enviar SMS para lidar com os pacientes antes da consulta.

Além de otimizarem o tempo da equipe, essas ações também colaboram para a satisfação do público, que se sente acolhido e valorizado durante o atendimento.

2. Tenha um controle das informações
Os gestores precisam estar cientes de todas as informações sobre o ambiente hospitalar. Com isso, fica mais fácil evitar falhas durante o gerenciamento, que prejudicam algum tipo de procedimento.

Essas informações incluem dados, relatórios e responsabilidades que dizem respeito ao hospital. Assim, qualquer desvio pode ser revertido a tempo de não causar sérios danos ao hospital e demais envolvidos. Portanto, acompanhar essas informações deve ser uma ação constante e fazer parte da rotina, facilitando a identificação de problemas.

Um dos métodos para otimizar esse aspecto é facilitar a comunicação entre os setores, aplicando um modelo integrado e aberto. Ao fazer isso, o gestor tem conhecimento das informações de maneira mais efetiva.

Propor melhorias e aplicá-las também ajuda na gestão hospitalar, já que apenas ter acesso aos dados não é o suficiente. É essencial ajustar qualquer aspecto que seja necessário o mais rápido possível.

3. Forneça uma boa experiência ao paciente
Oferecer uma experiência positiva para o paciente é essencial para uma gestão hospitalar de sucesso. Afinal, é a satisfação do público que deve ser o seu principal objetivo. Portanto, coloque os interesses dele em primeiro lugar e mantenha um padrão de atendimento de qualidade, mas sem perder a agilidade.

Faça uma avaliação frequente dos serviços oferecidos e busque soluções com rapidez. Ao fazer isso, a impressão que o paciente terá é de que o hospital conta com uma equipe preparada para executar a sua função.

Com isso em mente, invista em treinamento aos colaboradores e dê o suporte necessário para que o time oferte um atendimento com qualidade. Acompanhe todas as etapas da assistência prestada e procure meios de fornecer um serviço que vá além do que o paciente espera, superando as expectativas dele.

4. Analise os resultados
Nada adianta promover mudanças e ajustes se você não acompanhar os resultados de forma constante. Assim, proponha estabelecer métodos de avaliação, levando em conta a opinião dos pacientes.

Faça uma análise frequente de processos, atividades e mudanças que foram implementadas recentemente. Com isso, você consegue visualizar o que ainda precisa ser modificado. Quando aplicar mudanças, consulte a equipe e considere as sugestões antes de colocá-las em prática, para aumentar as chances de acerto.

Outro ponto que deve ser considerado é a frequência das avaliações. Nesse sentido, verifique qual é o período ideal para o acompanhamento e registre qual será a periodicidade dessa análise.

5. Dê atenção ao marketing
O marketing tem um papel muito importante para as empresas que desejam aumentar a visibilidade de um negócio. Na área hospitalar, não é diferente, já que boas estratégias possibilitam fortalecer a imagem do hospital com os pacientes.

Por isso, busque divulgar quais são os valores praticados por todos os envolvidos. Ofereça um atendimento humanizado, próximo das pessoas que utilizam o espaço para recuperar o bem-estar e a saúde.

Lembre-se de que o principal objetivo é conquistar a confiança dos pacientes e fidelizá-los. O uso do marketing hospitalar aliado a um atendimento de qualidade contribui para que o público tenha uma visão positiva sobre o hospital. Ou seja, colocar em prática essas ações ajuda a garantir uma gestão mais eficiente.

6. Mapeie os processos
O mapeamento de processos é uma prática muito usada por empresas para que todas as operações sejam conhecidas e aprimoradas, alinhando as expectativas do cliente. Quando falamos em ambiente hospitalar, sabemos que diversas atividades são exercidas todos os dias, desde o atendimento na recepção até anamnese e procedimentos cirúrgicos.

Logo, ter conhecimento sobre as atribuições de cada setor é essencial se você deseja ofertar um atendimento ao cliente com maestria. Isso ocorre porque todos os processos são alinhados, e o gestor acompanha todo o funcionamento das tarefas e quem é responsável por desempenhá-las.

Com essa visão ampla do ambiente, é mais fácil identificar quais procedimentos ou ações precisam de melhorias. Quando estratégias são aplicadas, as chances de gerar bons resultados são maiores, porque o gestor conhece as necessidades de cada departamento e acompanha o que precisa ser adaptado.

Tendo em vista que essas ações são de grande ajuda no desempenho do hospital ou clínica, procure alinhar as expectativas do paciente com os serviços oferecidos para ter uma administração de sucesso. Não tenha dúvida: iniciativas como o mapeamento de processos, estratégias de marketing e um atendimento humanizado são maneiras bastante eficientes de melhorar o gerenciamento e aumentar a credibilidade e confiança junto ao público.

Com essas dicas de gestão hospitalar, fica claro, então, que um gestor que avalia e conhece o funcionamento de todos os processos pode solucionar diversos problemas da rotina de trabalho em prol de resultados mais expressivos.

Gostou dessas sugestões? Para ficar por dentro de todas as nossas atualizações e ter acesso a mais conteúdos, é só seguir nossas redes sociais. Estamos no Facebook e LinkedIn!


Fale com a Faculdade Unimed

Entre em contato pela central de atendimento
clicando aqui ou ligue para: 0800 702 1301



ÚLTIMOS POSTS

Há 3 dias

LGPD: o que é, como funciona e quais seus impactos nas relações trabalhistas

LER POST
Há 4 dias

Quais as competências necessárias para se destacar no mercado de trabalho?

LER POST
Semana passada

Gestão Hospitalar: desafios, carreira e formação acadêmica

LER POST