Integração da TI e da inovação no Sistema Unimed

Publicada 27/09/2022

A Unimed do Brasil criou o Plano Diretor de Tecnologia da Informação (PDTI), com o objetivo de unificar o uso da TI no Sistema Unimed. Esse projeto foi concebido no planejamento estratégico da nova gestão nacional e tem como finalidade alavancar o sistema com o uso de tecnologia e inovação. “Esse projeto traz como vantagem a consolidação de uma estratégia conjunta em relação a tecnologia. A integração do Sistema Unimed é outro grande diferencial do projeto. Hoje, possuímos um volume gigantesco de informações. Se conseguirmos trabalhar de forma conjunta temos grande probabilidade de conseguirmos bons resultados”, destaca Mauricio Cerri, superintendente de tecnologia e inovação da Unimed Brasil.  Ele explica ainda que foram criados 12 pilares para integrar as Unimeds por meio da tecnologia. São eles: infraestrutura, conectividade, dados, inovação, LGPD, segurança da informação, governança, sistema de gestão, aplicativos, prontuários, telemedicina e APS. 

Dessa forma, diversas ações foram desenvolvidas dentro desses pilares, como: Data Center, Virtualização de dados, Utilização de dados e voz com a ferramenta Zoom, Workplace Hard and Support Solution e Jornada Cloud. Nesta última ação, a Faculdade Unimed em parceria com a Unio Digital (empresa do sistema especializada em tecnologia), foi uma das primeiras instituições do Sistema Unimed a concluir a migração completa dos dados em rede para a Nuvem. O prazo de finalização foi um grande desafio desse projeto. 

De acordo com Daniel Candoti, diretor de Experiência do Cliente da Unio, o projeto Jornada Cloud possibilitou uma parceria direta com a Microsoft, o que permitiu que o investimento na infraestrutura fosse viável e atrativo. Outro benefício destacado é a possibilidade de verticalização dos recursos de infraestrutura. “Isso resultou um aumento do poder de processamento, memória e armazenamento, dando mais performance para os sistemas, conforme a sazonalidade dos processos da Faculdade Unimed, sem a necessidade de aquisição de novos equipamentos e hardwares específicos”, enfatiza. 

Marcelo Pimenta, assessor de tecnologia e inovação da Faculdade Unimed, reforça os benefícios do trabalho e destaca que: “a faculdade é um local de conhecimento, portanto é natural que assim também seja a área de TI. Por isso, estamos gradativamente deslocando o papel da TI de um lugar de prestação de serviços para um onde a tecnologia cumpra um papel fundamental de inteligência, gerando vantagem competitiva. E, esse é o caso da migração para nuvem!".


O poder da Nuvem!
Quando falamos em Nuvem, estamos nos referindo à tecnologia que possibilita o uso remoto de diversos recursos de computação via conexão à internet. Dessa forma, a migração para a Nuvem permite a entrega de recursos de TI sob demanda, por meio da Internet com definição de preço de pagamento conforme o uso. Em vez de comprar, ter e manter datacenters e servidores físicos, você pode acessar serviços de tecnologia, com capacidade computacional, armazenamento e bancos de dados, conforme a necessidade, usando um provedor de nuvem.
 




ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Há 5 dias

Inscrições abertas para o vestibular 2023!

LER POST
Há 5 dias

Gestão Hospitalar ganha 4 estrelas no Estadão!

LER POST
Há 5 dias

Pós-graduação em APS está com inscrições abertas

LER POST