O papel da Auditoria Odontológica

Publicada 13/04/2021

Com o aumento e melhoria da qualidade da cobertura por usuário de planos odontológicos, surgiram novas áreas de atuação para profissionais da odontologia, entre elas está o papel de auditor odontológico. O papel da auditoria tem sido considerado estratégico por cada vez mais instituições, que a veem como uma parte importante de uma gestão eficiente, da manutenção da qualidade e de um atendimento de excelência aos clientes.

Mas, afinal, o que faz um auditor em odontologia? Quais são as atribuições do cargo? Como se capacitar para atuar na área? Continue lendo e descubra um pouco mais sobre as possibilidades para essa carreira.

Primeiramente, vamos ver o que é auditoria odontológica.

 

O que é auditoria odontológica?

É um exame minucioso das atividades de uma determinada empresa. No caso da auditoria odontológica, o foco é a qualidade nos serviços de saúde oferecidos por um determinador prestador.

São avaliadas questões referentes à dados e custos operacionais, bem como o respeito às normas éticas e legais da área e a qualidade do serviço oferecido através da análise dos planos de tratamentos propostos e quais os resultados alcançados através deles. Também podem ser analisadas as críticas, reclamações e sugestões de clientes, fornecedores, colaboradores e de toda a rede prestadora.

 

Qual a importância da auditoria odontológica?

A principal contribuição da auditoria odontológica é levantar dados e informações importantes para a gestão da operadora. Ela oferece um diagnóstico do negócio e oferece sugestões de melhoria que visam aprimorar o desempenho operacional e a qualidade técnica dos serviços prestados.

Isto é, a auditoria tem condições de oferecer um norte de atuação tanto para a gestão da instituição, quanto para o trabalho dos cirurgiões-dentistas, que passam a ter uma visão mais clara da taxa de eficácia de determinados procedimentos, elevando a qualidade dos serviços oferecidos e aumentando a eficácia na administração de recursos.

Ela também pode ser empregada pelas operadores de planos e seguros odontológicos como uma ferramenta de controle de demanda e utilização dos serviços assistenciais por parte dos consumidores, ajudando manter a relação custo-benefício da assistência, compatível e equacionada aos recursos financeiros disponíveis, contribuindo assim para a redução da taxa de sinistralidade das operadoras.

Mais do que um instrumento fiscalizador, a auditoria pode ser utilizada para a redução de despesas, geração de dados para a tomada de decisão, orientar investimentos e contribuir para a construção de uma cultura de gestão baseada em evidências.  De acordo com os pesquisadores Medeiros e Miranda (2010) uma auditoria bem aplicada, corresponde a uma das ferramentas de qualidade mais eficientes, apontando possíveis não conformidades no sistema avaliado.

 

Atribuições da auditoria odontológica

Um dentista auditor tem várias funções, a depender do tamanho da instituição que ele está auditando e dos objetivos da auditoria.

Dentre as principais funções do dentista auditor estão:

  • Averiguar os planos de tratamento propostos pelos cirurgiões-dentistas, considerando os retornos esperados e os resultados obtidos;
  • Acompanhar toda a documentação expedida pelos dentistas, considerando a sua consistência, veracidade e indicação;
  • Verificar se todas as normas éticas e técnicas estão sendo cumpridas;
  • Conferir se os procedimentos realizados estão de acordo com os autorizados pela operadora;
  • Verificar se os procedimentos indicados estão realmente sendo realizados.

Para realizar estas funções, além de uma análise cuidadosa de toda a documentação necessária, é preciso conhecer bem os procedimentos técnicos da área, bem como as boas práticas de auditoria, afinal, é preciso gerar pareceres com os resultados obtidos, justificar todas as informações contidas no parecer, identificar possíveis pontos de fraude e irregularidades, que devem ser comunicadas.

Além disso, também é importante apontar os pontos de melhoria e sugerir mudanças que impactem positivamente na instituição, para isso é preciso ter uma visão ampla tanto do trabalho do cirurgião-dentista, quanto do gestor.

A melhor maneira de se preparar para exercer estas funções com qualidade é se qualificando como auditor odontológico.

 

Como se tornar um auditor em odontologia?

Para se tornar auditor em odontologia é preciso ser formado em odontologia e fazer uma pós-graduação em auditoria. Na Pós-Graduação em Auditoria Odontológica da Faculdade Unimed o aluno tem contato com todas as normas legais e éticas da área, bem como com a fundamentação técnica e teórica para trabalhar na área.

O objetivo do curso é formar profissionais para atuar como um mecanismo de controle e melhoria de prestação de serviço na área de Odontologia e como um instrumento facilitador da qualidade e redução de custos.

Na grade curricular são abordados temas como bioética, gestão de pessoas, diagnóstico situacional em saúde e modelos de atenção em saúde bucal.

Para saber mais sobre o curso, como a estrutura curricular completa, novas turmas abertas e formas de financiamento, não deixe de consultar a página do curso clicando aqui.




ÚLTIMOS POSTS

Semana passada

Cursos de curta duração valem a pena?

LER POST
22/04/2021

Saiba mais sobre a atuação do profissional em farmácia clínica e oncológica

LER POST
15/04/2021

Como aumentar a produtividade nos estudos?

LER POST