Trabalho autônomo: o que você precisa para ter sucesso

Publicada 16/09/2021

O trabalho autônomo é a principal fonte de renda de 24 milhões de brasileiros. Com diversas vantagens como maior flexibilidade de horário e, muitas vezes, ganho acima do mercado, essa é uma ótima opção tanto para quem prefere trabalhar de forma independente, quanto para quem precisa incrementar a renda no final do mês.

Porém, muitos desafios também fazem parte dessa realidade, como instabilidade financeira e ausência de benefícios como férias remuneradas e 13º salário. Para lhe ajudar a encarar esses e outros desafios e se tornar um autônomo de sucesso, preparamos algumas dicas essenciais para quem deseja ser bem-sucedido nesta modalidade de trabalho, mas antes vamos ver o que significa ser autônomo.

 

O que é um profissional autônomo?

Autônomo é o nome dado aos profissionais que trabalham de forma independente, sem ser funcionário contratado de uma empresa, nem empresário. É possível trabalhar como prestador de serviços para empresas privadas, mas sem o vínculo profissional da CLT.

Profissionais como motoristas de aplicativos, professores particulares, pintores, eletricistas e vendedores ambulantes, por exemplo, se encaixam na categoria.

Agora que você já sabe o que é um profissional autônomo, vamos às dicas!

 

1. Prepare-se para imprevistos

Por mais que você se organize financeiramente, é preciso estar preparado para imprevistos, como acidentes que lhe impossibilitem de trabalhar, especialmente se você trabalha em profissões de risco, como motoristas de aplicativo.

Um seguro de vida é importante para garantir que em caso de invalidez permanente total ou parcial, morte acidental ou natural, ou até mesmo a perda do seu cônjuge, você e sua família consigam se manter financeiramente. Como esses momentos são muito difíceis de lidar, ter um seguro pode ajudar a ter a tranquilidade para manter suas finanças em dia, sem precisar se preocupar com as contas em uma hora tão delicada. No entanto, um seguro de vida também pode ser útil em outros momentos, através de benefícios como descontos em farmácia, assistência emergencial para animais de estimação, prestação de serviços de manutenção e reparos residenciais e envio de profissional para avaliar itens como pneus, elétrica, freios, óleo e água de veículo do segurado. Ou seja, além de cobrir acidentes e óbitos, o seguro de vida é uma ótima maneira de se preparar para imprevistos em diversas esferas da vida.

Saiba mais sobre essas e outras vantagens de um seguro de vida clicando aqui.

 

2. Aprenda a se organizar financeiramente

Um dos grandes desafios do trabalho autônomo é a instabilidade financeira. Ao contrário do emprego fixo pela CLT, não é possível saber com certeza quanto dinheiro você irá receber no final do mês, no entanto, as despesas continuam chegando mesmo que você tenha um mês ruim, por isso organização financeira é essencial.

Ter uma reserva de emergência, assim como manter seus gastos dentro da sua média de renda, são itens importantes para qualquer pessoa, ainda mais para quem empreende. Mas além de controlar as suas finanças pessoais, também deve-se controlar os gastos do seu trabalho, seja com combustível, material, deslocamento até a casa dos clientes, internet e o que mais for necessário para realizar a sua atividade profissional.

Uma boa opção é se preparar através de cursos de finanças e controle de custos, assim você aprende técnicas de gestão e administração de empresas que podem ser aplicadas ao seu negócio, profissionalizando a sua gestão.

 

3. Divulgue seus serviços online

Independentemente do tipo de serviço que você faça, divulgá-los online é uma maneira eficaz e barata de conquistar novos públicos.

Poste fotos com os resultados dos seus trabalhos ou os produtos que você vende, antes x depois (sempre com autorização de quem lhe contratou), o dia a dia de trabalho, divulgue promoções e sempre responda às dúvidas e comentários dos seus seguidores, assim eles ficam mais próximos de você e se lembrarão do seu nome quando precisarem do seu produto ou serviço.

Outra boa opção é coletar depoimentos dos seus clientes e incentivá-los a postar fotos, deixar recomendações ou dar cinco estrelas no aplicativo em que você presta seus serviços, isso ajuda a criar uma reputação como alguém competente e confiável.

 

4. Regularize sua atuação profissional

Hoje em dia existem opções fáceis de se regularizar, como o cadastro como Microempreendedor Individual, mais conhecido como MEI.

Ao se regularizar, você passa a ter um CNPJ próprio e diversas vantagens como a possibilidade de emitir nota fiscal (item necessário para prestar serviços para grandes empresas, por exemplo), direito a auxílio-doença e aposentadoria por tempo de contribuição, pois seus impostos passam a contar como contribuição ao INSS.

Os impostos são todos pagos através de um boleto único, com valor fixo, e o cadastro é todo feito de maneira simples pela internet. Com seu registro profissional em mãos, você se torna oficialmente um empreendedor com todas as garantias legais.

 

5. Saiba precificar o seu serviço

Prestar um serviço ou fazer um produto de qualidade é algo que exige estudo, experiência e prática. Envolve tanto o tempo que você usa para realizar a atividade, quanto todo o tempo que você levou para se especializar e conseguir se tornar um bom profissional. Por isso, é importante saber precificar o seu serviço considerando muito mais do que apenas o que você gasta para fazê-lo. 

Faça pesquisas de mercado para saber o quanto a concorrência está cobrando, calcule todo o custo de produção/prestação e tudo o que você precisou aprender para chegar no nível em que está hoje. Dar valor ao seu trabalho é muito importante para sentir que o caminho que você está seguindo vale a pena e está dando frutos, é uma forma de valorizar você enquanto profissional e, claro, de tornar o seu trabalho viável financeiramente.

Com um seguro de vida com ampla cobertura, controle financeiro, regularização junto ao Governo, divulgação online e precificação adequada, você estará preparado para encarar todos os desafios do trabalho autônomo e ter bastante sucesso mesmo em momentos de crise.

Gostou das nossas dicas? Então compartilhe em suas redes sociais e confira os outros posts do nosso blog!




ÚLTIMOS POSTS

Há 2 dias

Quais são as vantagens e desvantagens dos livros digitais?

LER POST
Semana passada

Residência médica: como fazer a escolha da especialidade?

LER POST
06/10/2021

9 dicas para montar uma clínica de sucesso

LER POST