Qual a diferença entre MBA, especialização e mestrado?

Publicada 16/03/2021

A educação continuada é um item importante para todos os profissionais que querem crescer em suas carreiras e se destacar no mercado. Além de trazer mais conhecimento, ela é uma forma de atualizar o que foi aprendido na faculdade, fazer networking ou até mesmo mudar as rotas da jornada profissional, servindo como uma ponte para atuar em uma área diferente da de formação.

No entanto, na hora de escolher um curso de pós-graduação nos deparamos com diversas opções: MBA, especialização, mestrado. Além disso, também surgem termos como lato sensu e stricto sensu.

No post de hoje vamos ver quais são as diferenças entre essas modalidades e qual a mais indicada para o seu perfil profissional.

 

Pós-graduação: lato sensu x stricto sensu

Existem dois tipos de pós-graduação e a diferença entre elas é bem grande.

A pós-graduação stricto sensu inclui os cursos de mestrado e doutorado, que são voltados para a pesquisa científica. São cursos obrigatórios para quem deseja dar aula no ensino superior e envolvem o desenvolvimento de pesquisas acadêmicas.

Já a pós-graduação lato sensu inclui os programas de especialização e MBA. É voltada mercado de trabalho, não exige o desenvolvimento de pesquisas científicas e busca formar especialistas em uma determinada área.

Em ambos os casos, os cursos precisam ter duração mínima de 360h para serem reconhecidos pelo MEC e o aluno precisa, obrigatoriamente, ser formado em algum curso de graduação.

Agora vamos ver em detalhes as diferenças entre especialização, MBA e mestrado.

 

Especialização

A especialização é uma pós-graduação lato sensu cujo objetivo é aprofundar o conhecimento do aluno em um tema específico e confere o título de especialista.

É uma ótima forma de atualização profissional para quem já está há algum tempo no mercado, mas também é muito interessante para recém-formados que querem se inserir no mercado de trabalho, pois amplia o conhecimento adquirido na graduação, que é naturalmente mais generalista, e é um diferencial de peso no currículo.

Outro ponto sobre a especialização é que ela não precisa ser diretamente ligada a área de formação na graduação, visto que um dos seus objetivo é justamente complementar o que foi visto na graduação.

Isto significa que um médico pode fazer uma especialização em Gestão da Qualidade e um enfermeiro pode se tornar especialista em auditoria em saúde, por exemplo.

Isto torna a especialização uma ótima opção para quem deseja crescer na carreira, expandir suas possibilidades de atuação ou até mesmo passar a trabalhar em uma nova área.

 

MBA

O MBA, sigla que significa Master of Business Administration, é uma pós voltada para profissionais com mais tempo de carreira e mais ligada às áreas de gestão e administração, com foco na criação de líderes.

Para quem tem um perfil mais corporativo e deseja assumir cargos de gestão e liderança, é uma ótima opção. Em um MBA, você vai participar da discussão de cases reais e o conteúdo é pensado para ser aplicado no mercado de trabalho. Além disso, por atrair profissionais com mais tempo de carreira, traz boas oportunidades de networking.

Tal qual a especialização, também é possível buscar um MBA que não esteja diretamente ligado a sua graduação. Por ter um foco maior em gestão, são cursos naturalmente interdisciplinares. Um exemplo é o MBA em Governança, Riscos, Regulação e Compliance em Saúde da Faculdade Unimed, que trata de temas relacionados à gestão, direito e saúde.

 

Mestrado

Os cursos de mestrado são voltados para a área acadêmica e seu objetivo é a formação de pesquisadores e docentes.

Nesta modalidade, o foco é a pesquisa acadêmica. É preciso ter tempo de dedicação aos estudos, pesquisas bibliográficas e para escrever a dissertação, um projeto bem mais complexo e trabalhoso do que o TCC exigido na graduação. Mesmo na modalidade de mestrado profissional, há um foco na produção científica, porém, voltada para problemas do mercado.

Se você tem o desejo de se tornar professor em tempo integral ou parcialmente, como um complemento a sua carreira no mercado, o mestrado é literalmente obrigatório, visto que só profissionais com um mestrado podem dar aulas no ensino superior.

Apesar de seu objetivo ser a formação de pesquisadores e professores, ele pode agregar bastante a sua atuação profissional por trazer uma visão profunda do tema pesquisado e maior autoridade na área.

Agora que você já viu quais são as diferenças entre as modalidades de pós-graduação, clique aqui para descobrir como escolher o curso de pós ideal para você.




ÚLTIMOS POSTS

Ontem

O papel da Auditoria Odontológica

LER POST
Há 6 dias

Entenda como inovar em cooperativas

LER POST
Semana passada

Qual a diferença entre tecnólogo, bacharelado e licenciatura?

LER POST